Maringoni: Jornal Nacional se redime de vexame sobre 'Zapgate'

"Correta, honesta e equilibrada. Assim podem ser classificados os quase oito minutos que o Jornal Nacional desta sexta (19) dedicou ao principal tema da agenda política desde ontem, o Zapgate", diz o jornalista Gilberto Maringoni no Diário do Centro do Mundo. Para ele, porém, a cobertura "não foi uma opção política", mas a rendição a uma evidência jornalistica, que não pode ser ocultada depois que o próprio WhatsApp cancelou dezenas de milhares de contas suspeitas de spam e de fake news"

Maringoni: Jornal Nacional se redime de vexame sobre 'Zapgate'
Maringoni: Jornal Nacional se redime de vexame sobre 'Zapgate'

247 - "Correta, honesta e equilibrada. Assim podem ser classificados os quase oito minutos que o Jornal Nacional desta sexta (19) dedicou ao principal tema da agenda política desde ontem, o Zapgate", diz o jornalista Gilberto Maringoni no Diário do Centro do Mundo. Para ele, a cobertura "não foi uma opção política", mas a rendição a uma evidência jornalistica, que não pode ser ocultada depois que o próprio WhatsApp cancelou dezenas de milhares de contas suspeitas de spam e de fake news". 

"O assunto inundou as redes e deixá-lo de lado implicaria sério risco à credibilidade do programa da Globo", ressalta. Para ele, não apenas a cobertura sobre o escândalo do financiamento ilegal feito por empresários para o disparo em massa de mensagens pelo Whatsapp contra Fernando Haddad (PT) para beneficiar a candidatura de extrema direita de Jair Bolsonaro, mas "a cobertura do dia-a-dia dos candidatos acabou também se mostrando favorável ao petista, que fez palestra no Clube de Engenharia, no Rio. Haddad surpreendeu ao falar de "entreguismo" e " desnacionalização", enquanto o fascista comentava a partir de sua casa.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247