Marona: Serra debocha de cidadãos brasileiros

O jornalista Mario Marona criticou nesta terça-feira, 6, o senador José Serra (PSDB-SP), que viralizou nas redes sociais ao pisar em assinaturas do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência na primeira Sessão do Congresso; para Marona, os golpistas de 2016 são piores do que os militares; "Por mais canalha que tenham sido, duvido que um daqueles generais tivesse peito de fazer o que o Serra fez ontem no Congresso: pisar debochadamente sobre um abaixo-assinado de cidadão brasileiros", escreveu ele em seu Facebook; mais de 320 mil assinaturas foram coletadas 

O jornalista Mario Marona criticou nesta terça-feira, 6, o senador José Serra (PSDB-SP), que viralizou nas redes sociais ao pisar em assinaturas do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência na primeira Sessão do Congresso; para Marona, os golpistas de 2016 são piores do que os militares; "Por mais canalha que tenham sido, duvido que um daqueles generais tivesse peito de fazer o que o Serra fez ontem no Congresso: pisar debochadamente sobre um abaixo-assinado de cidadão brasileiros", escreveu ele em seu Facebook; mais de 320 mil assinaturas foram coletadas 
O jornalista Mario Marona criticou nesta terça-feira, 6, o senador José Serra (PSDB-SP), que viralizou nas redes sociais ao pisar em assinaturas do abaixo-assinado contra a reforma da Previdência na primeira Sessão do Congresso; para Marona, os golpistas de 2016 são piores do que os militares; "Por mais canalha que tenham sido, duvido que um daqueles generais tivesse peito de fazer o que o Serra fez ontem no Congresso: pisar debochadamente sobre um abaixo-assinado de cidadão brasileiros", escreveu ele em seu Facebook; mais de 320 mil assinaturas foram coletadas  (Foto: Aquiles Lins)

Por Mário Marona, em seu Facebook - Não creio que o estrago que os golpistas estão fazendo e ainda planejam fazer seja consertável, mesmo a longo prazo, sequer em dois mandatos presidenciais progressistas e com um Congresso melhor do que o atual.

Sob o ponto de vista estratégico, essa gente é pior do que os milicos. Embora repressores e liberticidas, e protegidos de merecidas condenações pela prática de tortura e de assassinatos políticos por uma anistia covarde, eles cultivavam conceitos de desenvolvimento, progresso econômico e soberania nacional.

Por mais canalha que tenham sido, duvido que um daqueles generais tivesse peito de fazer o que o Serra fez ontem no Congresso: pisar debochadamente sobre um abaixo-assinado de cidadão brasileiros.

OK, eles pisaram sobre os votos dos brasileiros, mas isto essa turma de hoje também fez, e nem precisou de tanques, mas de togas.

Leia também texto do 247 sobre o assunto: 

O deputado federal Ivan Valente (Psol-SP) disse no Twitter que o senador José Serra (PSDB-SP) pisoteou as assinaturas de um abaixo-assinado contra a reforma da previdência.

"Entregamos um abaixo-assinado contra a #ReformaDaPrevidencia na primeira Sessão do Congresso Nacional de 2018. Foram mais de 320 mil assinaturas pisoteadas pelo senador José Serra", escreveu o parlamentar.

Também pelo Twitter, o Psol na Câmara também bateu duro no tucano e no governo de Michel Temer. Segundo a legenda, a foto de Serra pisando no abaixo-assinado é "um retrato sintomático do quanto a base governista (não) se importa com o que o povo pensa".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247