Mello Franco: Mourão estimula repressão a manifestações

Jornalista Bernardo Mello Franco afirma que "o vice-presidente Hamilton Mourão desistiu de bancar o moderado do governo Bolsonaro". "Mourão também desmerece os protestos contra o racismo e a truculência policial", diz

Bernardo Mello Franco e Hamilton Mourão
Bernardo Mello Franco e Hamilton Mourão (Foto: Reprodução | Carolina Antunes/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em sua coluna publicada no jornal O Globo, Bernardo Mello Franco afirma que "o vice-presidente Hamilton Mourão desistiu de bancar o moderado do governo Bolsonaro". "Em artigo publicado nesta quarta-feira, o general distribui ataques à oposição, à imprensa e ao ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal", diz o jornalista em referência ao texto publicada pelo militar no jornal O Estado de S.Paulo

"No artigo, Mourão também desmerece os protestos contra o racismo e a truculência policial. Alega que o Brasil é um país livre do 'ódio racial', que não precisaria importar 'problemas e conflitos de outros povos'", destaca o colunista. "Em seguida, o general incentiva o aumento da repressão aos atos públicos", acrescenta Mello Franco, ao citar a frase 'Baderneiros são caso de polícia, não de política', escrita pelo general. 

Segundo o jornalista, "é intelectualmente desonesto ignorar que o Brasil vive uma escalada autoritária comandada pelo presidente da República". "Na semana passada, ele chegou ao ponto de ameaçar descumprir decisões do Supremo. A essa altura, quem não está preocupado é cúmplice ou está mal informado, o que não parece ser o caso do vice", disse. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email