Mello Franco: Temer está preocupado com traições na base do governo

Embora as sondagens iniciais sejam favoráveis a Michel Temer, o Planalto ainda teme traições na base do governo na votação, daqui a três dias, sobre a denúncia de corrupção feita pela PGR contra o peemedebista; "Por isso, o governo determinou que 12 ministros se licenciem para voltar à Câmara e votar a favor do chefe", escreve o jornalista Bernardo Mello Franco

Bernardo Mello Franco e Michel Temer
Bernardo Mello Franco e Michel Temer (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na sua coluna deste domingo, o jornalista Bernardo Mello Franco desta que, apesar das sondagens favoráveis, o Planalto ainda teme traições de última hora no caso da denúncia contra Michel Temer, a ser votada daqui a três dias. 

Apesar do favoritismo, o Planalto está preocupado com as traições nos partidos aliados. Por isso, o governo determinou que 12 ministros se licenciem para voltar à Câmara e votar a favor do chefe. 'Foi uma demonstração clara de insegurança', diz Júlio Delgado, do PSB.

O deputado afirma que a esquerda precisa superar as divergências para não facilitar a vida de Temer. 'A oposição está com um desejo difuso', resume. 'Alguns realmente querem tirar o Temer, mas outros preferem que ele continue lá sangrando.'

O líder do PT, Carlos Zarattini, quer convencer os colegas a dar quorum desde o início da sessão. 'Sou favorável a entrar lá e votar. Acho que é a melhor solução, mas temos que conversar e buscar a unidade', diz.

O petista nega que seu partido esteja interessado em manter Temer enfraquecido para aumentar suas chances em 2018. 'Este raciocínio vale para os dois lados. Adiar a votação não vai deixar o Temer sangrando do mesmo jeito?', questiona."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247