Merval sai em defesa de Padilha: “não quer por fim à Lava Jato”

Com receio da deterioração cada vez maior da imagem do governo interino, o colunista do Globo Merval Pereira saiu em defesa do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; o ministro pediu que acabassem logo com a Lava Jato, investigação que tem atingido os principais nomes do PMDB e até o presidente interino; para Merval, foi um comentário "politicamente infeliz", mas "não se pode dizer que ele está querendo acabar com a operação"

Com receio da deterioração cada vez maior da imagem do governo interino, o colunista do Globo Merval Pereira saiu em defesa do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; o ministro pediu que acabassem logo com a Lava Jato, investigação que tem atingido os principais nomes do PMDB e até o presidente interino; para Merval, foi um comentário "politicamente infeliz", mas "não se pode dizer que ele está querendo acabar com a operação"
Com receio da deterioração cada vez maior da imagem do governo interino, o colunista do Globo Merval Pereira saiu em defesa do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha; o ministro pediu que acabassem logo com a Lava Jato, investigação que tem atingido os principais nomes do PMDB e até o presidente interino; para Merval, foi um comentário "politicamente infeliz", mas "não se pode dizer que ele está querendo acabar com a operação" (Foto: Gisele Federicce)

247 – O colunista do Globo Merval Pereira certamente está com receio do que pode acontecer com a imagem do governo interino de Michel Temer, que se deteriora a cada dia.

Nesta sexta-feira 17, ele publicou um texto para tentar esclarecer um comentário que pegou mal para o ministro Eliseu Padilha. O chefe da Casa Civil fez um apelo para que a Lava Jato acabasse logo.

Merval admitiu que o comentário pode ter sido "politicamente infeliz", mas defendeu que "não se pode dizer que ele está querendo acabar com a operação".

"Acho que refletiu uma angustia do mundo político com essa permanente ameaça a todo mundo, do mundo político especialmente, porque ninguém sabe o que ainda vem aí. Essa indefinição dá muita insegurança", escreveu.

Pelo Twitter, Merval também defendeu Michel Temer depois que o presidente interino concedeu uma coletiva no Palácio do Planalto para rebater as acusações de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro, contra ele.

Temer chamou a delação de "mentirosa e leviana", mas não explicou o teor das denúncias. "Se convenceu ou não, é outro problema. Mas a Nação sempre esperou respostas de seus governantes como Temer fez hoje. Foi contundente!", defendeu Merval.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247