Mídia internacional destaca tumulto na chegada do papa

Site do jornal espanhol El País destacou na capa que a chegada do papa Francisco foi marcada por confusão e problemas de segurança; de acordo com o jornal, o papa "não apenas recusou o papamóvel blindado, como também escolheu um dos menores carros do mercado (um Fiat Idea) e uma escolta reduzida ao mínimo para fazer o trajeto até o Palácio do Governo"

Mídia internacional destaca tumulto na chegada do papa
Mídia internacional destaca tumulto na chegada do papa (Foto: POOL)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Brasil

Brasília – A chegada do papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude teve repercussão, nesta terça-feira (23), em veículos da imprensa internacional, que destacaram a confusão ocorrida na retenção do comboio que levava o pontífice da Base Aérea do Galeão ao centro do Rio de Janeiro, em um engarrafamento na Avenida Presidente Vargas.

O site do jornal espanhol El País destacou na capa que a chegada do papa foi marcada por confusão e problemas de segurança. De acordo com o jornal, o papa "não apenas recusou o papamóvel blindado, como também escolheu um dos menores carros do mercado (um Fiat Idea) e uma escolta reduzida ao mínimo para fazer o trajeto até o Palácio do Governo". Os jornalistas Pablo Ordaz e Juan Arias informaram que o motorista do papa errou o caminho e provocou momentos alarmantes por causa de uma multidão que cercou o veículo. "Os agentes da polícia do Vaticano – a pé, junto ao carro do papa – tiveram muitos problemas para manter a ordem".

No site do jornal New York Times, a reportagem informa que, em sua primeira viagem internacional, o papa não comentou os protestos que vêm acontecendo no Brasil e enfatizou a importância da evangelização dos jovens. O jornal destacou o fato de o carro que transportou o pontífice estar com a janela aberta. "As pessoas se reuniram em volta do veículo, estendendo os braços na direção do papa", escreveu o correspondente Simon Romero.

A emissora norte-americana e site de notícias CNN também enfatizou a preocupação com a segurança do papa em decorrência da bomba caseira encontrada no domingo (21)  no Santuário Nacional de Aparecida, onde o pontífice celebrará missa, na quarta-feira (24).

A enviada especial do jornal francês Le Monde, Stéphanie Le Bars, destacou a imagem de "bom papa" de Francisco, sorridente e acessível aos fiéis. O texto também informou que o pontífice não presenciou os protestos que ocorreram em frente ao Palácio Guanabara, onde foi recepcionado por autoridades brasileiras.

Edição: Denise Griesinger

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247