Moreno diz temer que, “pelos resultados”, povo comece a descrer em eleições

"Meu medo é que pelos últimos resultados, aqui e lá fora, o povo comece a descrer em eleições. Sem essa crença, não há democracia", comentou no Twitter o colunista do Globo, após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos; no Brasil, no entanto, o que matou a confiança no voto não foi o resultado, mas o golpe contra Dilma Rousseff

"Meu medo é que pelos últimos resultados, aqui e lá fora, o povo comece a descrer em eleições. Sem essa crença, não há democracia", comentou no Twitter o colunista do Globo, após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos; no Brasil, no entanto, o que matou a confiança no voto não foi o resultado, mas o golpe contra Dilma Rousseff
"Meu medo é que pelos últimos resultados, aqui e lá fora, o povo comece a descrer em eleições. Sem essa crença, não há democracia", comentou no Twitter o colunista do Globo, após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos; no Brasil, no entanto, o que matou a confiança no voto não foi o resultado, mas o golpe contra Dilma Rousseff (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Colunista do Globo, o jornalista Jorge Bastos Moreno disse nesta quinta-feira 10, pelo Twitter, temer que, “pelos resultados”, o povo comece a descrer em eleições.

"Meu medo é que pelos últimos resultados, aqui e lá fora, o povo comece a descrer em eleições. Sem essa crença, não há democracia", comentou, após a vitória de Donald Trump nos Estados Unidos.

No Brasil, no entanto, o que matou a confiança no voto e, portanto, abalou a democracia, não foi o resultado das eleições, mas o golpe praticado contra Dilma Rousseff, que a tirou do poder mesmo tendo vencido a disputa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247