Nassif: governo articula mote do terrorismo para novo ciclo de repressão

Jornalista Luis Nassif critica a portaria 666, do Ministro da Justiça Sérgio Moro, determinando expulsão imediata de estrangeiro suspeito de ação terrorista, bem como o Projeto de Lei 2418/2019, do deputado José Medeiros, principal apoiador de Moro na Câmara

247 - O jornalista Luis Nassif afirmou neste sábado (27) que o governo de Jair Bolsonaro brande a ameaça terrorista para radicalizar a repressão interna.

Em artigo no Jornal GGN, Nassif critica a portaria 666, do Ministro da Justiça Sérgio Moro, determinando expulsão imediata de estrangeiro suspeito de ação terrorista, bem como o Projeto de Lei 2418/2019, do deputado José Medeiros, principal apoiador de Moro na Câmara.

O PL estipula a obrigatoriedade de provedores de Internet de comunicar às autoridades qualquer indício de ação terrorista, visando impedir tragédias como a de Osasco e outras. Isenta apenas provedores com menos de 10 mil usuários.

"Medeiros é o principal aliado de Moro no Congresso, nas tentativas de intimidade Glenn Greenwald. É dele a proposta de convocação do jornalista para explicar o fake News, de que ele teria comprado o mandato do deputado Jean Willys", disse Nassif. 

Leia o artigo na íntegra no Jornal GGN

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247