Nassif: o Brasil está dominado pela burrice institucional

O jornalista Luis Nassif avalia no Jornal GGN que a Lei do Teto dos Gastos, aprovada no governo Michel Temer e apoiada pelo seu sucessor, Jair Bolsonaro, é "loucura"; "Amarre o orçamento por 20 anos, e com isso não restará ao país alternativa senão obter o equilíbrio fiscal exclusivamente às custas dos cortes orçamentários. Simples assim!", critica

Nassif: o Brasil está dominado pela burrice institucional
Nassif: o Brasil está dominado pela burrice institucional (Foto: Dir.: Sérgio Moraes - Reuters)

247 - O jornalista Luis Nassif avalia no Jornal GGN que a Lei do Teto dos Gastos, aprovada no governo Michel Temer e apoiada pelo seu sucessor, Jair Bolsonaro, é "loucura". "Amarre o orçamento por 20 anos, e com isso não restará ao país alternativa senão obter o equilíbrio fiscal exclusivamente às custas dos cortes orçamentários. Simples assim!", afirma. De acordo com sua análise, "têm-se o caminhão sem freio em direção ao precipício e não há uma voz de racionalidade para apontar o desastre que vem pela frente".

"O que irão fazer até o desastre? O corte de gastos afunda a economia que, depois da mais profunda recessão da história, está ameaçada novamente por uma recessão técnica. O que faz Guedes? Planeja mais um corte, um contingenciamento, para adequar o orçamento à nova estimativa do PIB. Haverá mais queda na economia, mais contingenciamento, pouco importando os 13 milhões de desempregados, a queda generalizada da atividade econômica. E tudo isso como pano de fundo para as burrices perigosas do presidente".

Leia a íntegra no Jornal GGN

Ao vivo na TV 247 Youtube 247