No Rio, manifestantes expulsam equipe da TV Globo

Uma equipe da TV Globo foi expulsa do protesto contra o governo federal na orla de Copacabana, neste domingo; após gritos de "Fora Globo" puxados pelo carro de som do Revoltados Online e do Movimento Vem Pra Rua, os profissionais da emissora carioca quase foram agredidos por manifestantes; repórter Paulo Renato Soares e outros quatro profissionais da Globo acabaram impedidos de realizar seu trabalho e deixaram o local sob escolta de policiais militares

Uma equipe da TV Globo foi expulsa do protesto contra o governo federal na orla de Copacabana, neste domingo; após gritos de "Fora Globo" puxados pelo carro de som do Revoltados Online e do Movimento Vem Pra Rua, os profissionais da emissora carioca quase foram agredidos por manifestantes; repórter Paulo Renato Soares e outros quatro profissionais da Globo acabaram impedidos de realizar seu trabalho e deixaram o local sob escolta de policiais militares
Uma equipe da TV Globo foi expulsa do protesto contra o governo federal na orla de Copacabana, neste domingo; após gritos de "Fora Globo" puxados pelo carro de som do Revoltados Online e do Movimento Vem Pra Rua, os profissionais da emissora carioca quase foram agredidos por manifestantes; repórter Paulo Renato Soares e outros quatro profissionais da Globo acabaram impedidos de realizar seu trabalho e deixaram o local sob escolta de policiais militares (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma equipe da TV Globo foi expulsa do protesto contra o governo federal na orla de Copacabana, neste domingo.

Após gritos de "Fora Globo" puxados pelo carro de som do Revoltados Online e do Movimento Vem Pra Rua, os profissionais da emissora carioca quase foram agredidos por manifestantes.

Uma minoria tentou apoiar o trabalho dos jornalistas, mas os profissionais, xingados, foram obrigados a sair da manifestação pela Rua Bolívar, escoltados pela Polícia Militar.

O repórter Paulo Renato Soares e outros quatro profissionais da Globo acabaram impedidos de realizar seu trabalho.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email