Noblat diz que não propôs o suicídio de Bolsonaro, mas que reproduziu o artigo de Ruy Castro

O jornalista disse que apenas reproduziu em sua página um artigo do escritor Ruy Castro que propôs o suicídio de Donald Trump e Jair Bolsonaro. “Vida longa ao presidente Jair Bolsonaro para que ele possa colher o que plantou”, defendeu

Noblat sobre pronunciamento: quem falou foi um presidente ou um carniceiro?
Noblat sobre pronunciamento: quem falou foi um presidente ou um carniceiro? (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Ricardo Noblat rebateu às crítica de que teria feito a defesa do suicídio de Jair Bolsonaro e explicou que apenas reproduziu em sua página um artigo do escritor Ruy Castro, que propôs em artigo neste domingo (10) o suicídio de Donald Trump e Jair Bolsonaro.

“Deu a louca em muita gente ao me atribuir a autoria do que não passa de um trecho do artigo de Ruy Castro, publicado, hoje, na Folha. O link abaixo do trecho remete ao artigo do Ruy. Desde 2008, aqui reproduzo o que a mídia publica, o que eu apuro e comentários que faço”, disse o jornalista. 

Ele também afirmou que “não desejo a morte de ninguém. Minha religião o impediria. Mas ao fazer, como faço aqui, um clipping diário da mídia, não posso nem devo ignorar o que me pareça que repercutirá, mais ainda quando publicado em um grande jornal. Seria uma forma odienta de autocensura”. 

Por fim, ele desejou “vida longa ao presidente Jair Bolsonaro para que ele possa colher o que plantou”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247