Noblat: PSDB parece ter medo do povo

Colunista Ricardo Noblat cita ausência do partido de Aécio Neves nos protestos de domingo e diz que chefes do partido parecem ter medo do povo: ‘O PSDB quer o povo a reboque. A seu lado, não. Dá urticaria. No máximo, admite cavalgá-lo’

Colunista Ricardo Noblat cita ausência do partido de Aécio Neves nos protestos de domingo e diz que chefes do partido parecem ter medo do povo: ‘O PSDB quer o povo a reboque. A seu lado, não. Dá urticaria. No máximo, admite cavalgá-lo’
Colunista Ricardo Noblat cita ausência do partido de Aécio Neves nos protestos de domingo e diz que chefes do partido parecem ter medo do povo: ‘O PSDB quer o povo a reboque. A seu lado, não. Dá urticaria. No máximo, admite cavalgá-lo’ (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – Para o colunista Ricardo Noblat, a omissão da oposição nos atos deste domingo contra o governo deixa as multidões órfãs. “Movimento algum se mantém aceso à falta de quem o dirija. Nem aqui nem em parte alguma”, diz.

Segundo ele, os chefes do PSDB parecem ter medo do povo: “O PSDB quer o povo a reboque. A seu lado, não. Dá urticaria. No máximo, admite cavalgá-lo”.

Ele cita o caso do general João Batista Figueiredo, o último presidente da ditadura militar de 64, que disse que preferia o cheiro de cavalo ao cheiro do povo (leia aqui).

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email