Nova Vaza Jato mostra as vísceras do crime de Moro, Dallagnol e quadrilha, diz Rovai

O jornalista Renato Rovai repercutiu as novas revelações da Vaza Jato divulgadas neste domingo (08). Para ele, os vazamentos da Folha e do Intercept provam que Dilma sofreu um golpe e que a prisão de Lula foi arquitetada pelos mesmos responsáveis pela trama

247 - O jornalista Renato Rovai comentou os novos diálogos da Vaza Jato divulgados pela Folha de S. Paulo e Intercept neste domingo (08). Rovai afirmou que os diálogos mostram "as vísceras do crime de Moro, Dallagnol e quadrilha".

Em sua coluna, o jornalista escreveu que a nova Vaza Jato prova que os mesmos agentes que deram um golpe na ex-presidente Dilma Rousseff, também tramaram a prisão de Lula. Ele ainda disse que esses "agentes" não investigavam em busca de um cenário real. 

"Hoje, a farsa que foi montada para provar exatamente o contrário ficou comprada nos vazamentos do The Intercept. Moro, Dallagnol e outros da quadrilha que montaram o golpe usando aparelhos do Estado estão desmascarados. Ele esconderam 22 conversas de Lula com diferentes atores políticos, Temer incluído, e divulgaram apenas um áudio. Um dos grampos ilegais", escreveu.

E completou. "Foi este grampo ilegal de uma conversa com Dilma e Lula, que não comprovava nada do que os agentes públicos da quadrilha faziam crer, que foi parar no Jornal Nacional da Globo. Foi com base neste grampo ilegal que o arrependido Gilmar Mendes impediu que Lula fosse nomeado ministro de Dilma. Foi este áudio que foi usado pelos quadrilheiros da Lava Jato para colocar gente na rua pedindo o impeachment".

Renato Rovai ainda cobrou punição aos envolvidos no golpe e na prisão fraudulenta do ex-presidente Lula. "Mas a pergunta que fica é bem objetiva. Esses agentes que ainda continuam a operar por dentro do Estado para prender uns e soltar outros, para favorecer candidatos que depois os levam para cargos públicos, como o de ministro da Justiça, não vão ser punidos? Continuarão a desfilar suas arrogâncias, prepotências e crimes como troféus? Continuarão a fazer tudo que fizeram contra outras pessoas que os desafiam e os enfrentam? Vão continuar impunes e cometendo crimes?".

O jornalista também ressaltou que os crimes da Lava Jato levaram Bolsonaro ao poder e destruiram o Brasil. "Este crime não prescreveu. Ele mantém Lula na prisão e tornou Bolsonaro presidente e Moro ministro da Justiça. Este crime transformou Dallagnol num riquinho palestrante. E fez com que muita gente se tornasse deputado e senador. Além de governador, como Doria e Witzel. Este crime mudou o Brasil de forma acachapante. E para pior. Este crime está demolindo a democracia. Ou os criminosos que o cometeram são punidos e se faz justiça por dentro da democracia ou o Brasil se tornará um imenso Bacurau. Entendedores, entenderão".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247