O Japonês X-9 da ditadura

O jornalista Ricardo Miranda escreveu nesta quinta-feira, 16, uma dura crítica ao agente da Polícia Federal Newton Ishii, o "Japonês da Federal", que confessou ter trabalhado para a ditadura militar como agente infiltrado, entregando estudantes; "Nada acontecerá com o X-9 da ditadura, que entregava estudantes, nem nunca se saberá quantos garotos e garotas entregou de bandeja, e o que aconteceu a cada um deles, graças ao espião de araque do SNI", diz ele

O Japonês X-9 da ditadura
O Japonês X-9 da ditadura (Foto: Reprodução/TV Globo)

247 - O jornalista Ricardo Miranda escreveu nesta quinta-feira, 16, uma dura crítica ao agente da Polícia Federal Newton Ishii, o "Japonês da Federal", que confessou ter trabalhado para a ditadura militar como agente infiltrado, entregando estudantes (leia mais). 

"A complacência, tolerância e indulgência com os responsáveis pelos atos impensáveis cometidos em nome do Estado ditatorial, dos generais-presidentes – enfileirados em retratos na parede do gabinete do capitão-presidenciável Jair Bolsonaro, como um altar maligno – ao 'guarda da esquina', faz com que o país conviva até hoje com torturadores, informantes, censores e todo o zoo do autoritarismo em praça pública. Nunca foram punidos", diz Miranda. 

Para o jornalista, nada acontecerá com o "X-9 da ditadura", que entregava estudantes, nem nunca se saberá quantos garotos e garotas entregou de bandeja, e o que aconteceu a cada um deles, graças ao "espião de araque" do Serviço Nacional de Informações (SNI). "O tipo de vigilância relatada por Newton Ishii era frequente nas universidades no período da ditadura militar. Ele, acredita, cumpriu seu 'dever' com o Estado que servia na época – a ditadura -, assim como cumpriu agora, servindo à República de Curitiba", afirma.

"Como é preciso seguir servo de alguma causa, Ishii já afirmou que pretende sair candidato a deputado federal nas eleições deste ano pelo partido PEN-Patriotas, ao qual está filiado. Não descarta, quem sabe, começar a carreira política pela Assembleia Legislativa do Paraná, onde fica seu domicílio eleitoral. No Brasil de hoje, Newton Ishii tem um enorme potencial para crescer", completa. 

Leia o texto na íntegra no blog Os Divergentes

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247