‘O óbvio será cada vez mais profetizado’, diz cientista político

O cientista político Carlos Alberto Almeida afirma que a força eleitoral de Lula é tratada como enigma por alguns nichos da análise conjuntural, mas que todos sabem o óbvio: Lula é e sempre foi um fenômeno eleitoral; para Almeida, esse é um dado óbvio e que, cada vez mais, será ‘profetizado’ na cena eleitoral

‘O óbvio será cada vez mais profetizado’, diz cientista político
‘O óbvio será cada vez mais profetizado’, diz cientista político (Foto: Alex Silva/Divulgação/BRASILIS)

247 – O cientista político Carlos Alberto Almeida afirma que a força eleitoral de Lula é tratada como enigma por alguns nichos da análise conjuntural, mas que todos sabem o óbvio: Lula é e sempre foi um fenômeno eleitoral. Para Almeida, esse é um dado óbvio e que, cada vez mais, será ‘profetizado’ na cena eleitoral.

Leia trechos do artigo do cientista político para o site Poder 360:

“Nota-se na mídia, aqui e acolá, a admissão de que o PT é o favorito para vencer a eleição presidencial. O que não se falava até pouco tempo atrás, coisas como a força eleitoral de Lula, mesmo preso, passou a ser abertamente tratado por meio de entrevistas de especialistas ou colunas de jornalistas especializados em acompanhar a política. Parte inferior do formulário

Recentemente o ministro do STF Gilmar Mendes afirmou se tratar de um enigma a elevada popularidade de Lula, sua intenção de voto, mesmo estando condenado e cumprindo pena. Uma das maiores evidências da força de Lula foi a visita que recebeu de vários senadores do MDB, dentre os quais Renan Calheiros e Roberto Requião.

Há mais evidências da força do PT na futura eleição presidencial, uma delas é a dificuldade que Bolsonaro e Geraldo Alckmin têm tido de obter o apoio de partidos que tradicionalmente vão na direção que sopra o vento eleitoral. PP, PR e outros partidos do “Centrão” preferem estar no time vencedor. Nas eleições passadas, menos confusas, sem crise econômica e Lava Jato, era mais fácil obter-se o consenso interno acerca de quem tinha mais chances de ganhar. Hoje isso não é tão simples.”

Leia mais aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247