PHA diz que Dilma foi derrotada pela Globo

Blogueiro lamenta que o Brasil não siga o exemplo argentino e afirma que venceu a tese "de que o controle remoto é que faz a democracia"

PHA diz que Dilma foi derrotada pela Globo
PHA diz que Dilma foi derrotada pela Globo
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Defensor da Ley de Medios argentina, o jornalista Paulo Henrique Amorim, do site Conversa Afiada, argumenta que a presidente Dilma Rousseff cedeu às pressões dos grandes meios de comunicação. Leia abaixo:

A Globo venceu.

Venceu a tese de que o controle remoto é o que faz a Democracia.

Essa deve ser a marca do Governo Dilma.

A máxima concessão.

Ela fala groso com os bancos e fino com a Globo.

Qual a saída?

Como diz o Nunca Dantes, o caminho é a rua.

O PT ir para as ruas e imprensar o resto do Governo.

O boicote a CPI do Cachoeira, agora se entende, não foi do Michel Temer nem do Miro Teixeira.

Quem odarelou foi a Dilma.

A Ley de Medios não é para proteger a Dilma da Globo.

A Ley de Medios é para você, amigo navegante, para exercer seu Direito Inalienável à Informação e à Expressão.

Basta o PT seguir o professor Comparato e o Franklin Martins: o que o cidadão brasileiro quer é o cumprimento da Constituição de ‘88.

Nada além da Constituição.

Porque a Globo é assim: ela não ganha eleicão.

Ela dá Golpe.

Vive à margem da Constituição.

Agora vamos ver se o TCU, o MP e o Ministro Hage tem a coragem de obrigar o Governo Federal e as empresas estatais a reter o BV da Globo.

Ou esse “domínio do fato” só serviu para punir o PT?

Ele não se “fatualiza” para a Globo ?

Que inveja da Argentina, não é iso Coronel Ustra ?

Viva o Brasil !

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email