Pitbull de Bolsonaro não explica caso Queiroz e volta a atacar a mídia

No momento em que o bolsonarismo desmorona diante da revelação de que Fabrício Queiroz movimento nada menos que R$ 7 milhões em apenas três anos, o filho mais ativo do clã, Carlos Bolsonaro (direita), insinuou que a mídia publica denúncias contra a família para receber verbas de publicidade; segundo ele, seria um sinal de "desespero" da imprensa, mas o fato é que os próprios militares estão incomodados com a falta de explicações convincentes sobre a movimentação de dinheiro no laranjal da família presidencial

Pitbull de Bolsonaro não explica caso Queiroz e volta a atacar a mídia
Pitbull de Bolsonaro não explica caso Queiroz e volta a atacar a mídia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

247 - No momento em que o bolsonarismo desmorona diante da revelação de que Fabrício Queiroz movimento nada menos que R$ 7 milhões em apenas três anos, o filho mais ativo do clã, o vereador Carlos Bolsonaro, insinuou que a mídia publica denúncias contra a família para receber verbas de publicidade.

Segundo ele, seria um sinal de "desespero" da imprensa. O fato, porém, é que os próprios militares estão incomodados com a falta de explicações convincentes sobre a movimentação de dinheiro no laranjal da família presidencial.

A insinuação de Carlos Bolsonaro foi demonstrada em um tuíte seu neste domingo 20, em que compartilhou um texto do site Renova Mídia que dizia: "O general Santos Cruz avalia que administrações passadas puseram a comunicação a serviço de um "projeto de poder" e anunciou a revisão de todos os contratos da área, estimados em até R$ 400 milhões apenas na Secom". O filho de Bolsonaro comentou em cima: "Entende o desespero? E olha que o General só está falando da SECOM!".

O Renova Mídia é um site bolsonarista que se intitula como "mídia independente" que preza "pela qualidade e transparência, sem imposição de ponto de vista".

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247