Preocupado com o futuro do PSDB e de Temer, Reinaldo quer anular delação da JBS

Apesar de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmar que Michel Temer cometeu crimes de corrupção passiva, organização criminosa e tentativa de obstrução à Justiça, o colunista de Veja Reinaldo Azevedo ainda tenta salvar o peemedebista, que segundo ele, "foi mesmo vítima de uma conspirata"; "Um empresário gravou uma fala com o presidente da República com o objetivo de incriminá-lo. O produto dessa gravação, do ponto de vista jurídico, é imprestável, mas o sr. Rodrigo Janot o utilizou para embasar o pedido de abertura de inquérito contra Michel Temer", diz Reinaldo em seu blog

Apesar de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmar que Michel Temer cometeu crimes de corrupção passiva, organização criminosa e tentativa de obstrução à Justiça, o colunista de Veja Reinaldo Azevedo ainda tenta salvar o peemedebista, que segundo ele, "foi mesmo vítima de uma conspirata"; "Um empresário gravou uma fala com o presidente da República com o objetivo de incriminá-lo. O produto dessa gravação, do ponto de vista jurídico, é imprestável, mas o sr. Rodrigo Janot o utilizou para embasar o pedido de abertura de inquérito contra Michel Temer", diz Reinaldo em seu blog
Apesar de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmar que Michel Temer cometeu crimes de corrupção passiva, organização criminosa e tentativa de obstrução à Justiça, o colunista de Veja Reinaldo Azevedo ainda tenta salvar o peemedebista, que segundo ele, "foi mesmo vítima de uma conspirata"; "Um empresário gravou uma fala com o presidente da República com o objetivo de incriminá-lo. O produto dessa gravação, do ponto de vista jurídico, é imprestável, mas o sr. Rodrigo Janot o utilizou para embasar o pedido de abertura de inquérito contra Michel Temer", diz Reinaldo em seu blog (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Apesar de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, confirmar que Michel Temer cometeu crimes de corrupção passiva, organização criminosa e tentativa de obstrução à Justiça, o colunista de Veja Reinaldo Azevedo ainda tenta salvar o peemedebista, que segundo ele, "foi mesmo vítima de uma conspirata".

"Um empresário gravou uma fala com o presidente da República com o objetivo de incriminá-lo. O produto dessa gravação, do ponto de vista jurídico, é imprestável, mas o sr. Rodrigo Janot o utilizou para embasar o pedido de abertura de inquérito contra Michel Temer. E, pior, o ministro Edson Fachin, do Supremo, aceitou", diz Reinaldo em seu blog.

Mesmo Temer não tendo sequer passado no detector de mentiras, sendo rejeitado por quase 100% dos brasileiros, e tendo chegado ao Palácio do Planalto por meio de um golpe, o colunista de Veja insiste em argumentar o que não tem como argumentar e defdne que a delação da JSB seja anulada. "É preciso apurar a responsabilidade do Ministério Público e da Polícia Federal na conspirata. Que se investigue tudo o que denunciaram. Mas os benefícios têm de ser cassados. Que paguem a pena por seus crimes".

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247