Reinaldo: Bolsonaro sai menor de Davos; Lula, quando foi, saiu maior

"O fato é Lula entrou pequeno em Davos, em 2003, na sua estreia no Fórum Econômico Mundial, e saiu de lá bem maior", afirma o jornalista, lembrando que em seu discurso, o então presidente do PT "falou da fome no mundo, da responsabilidade dos ricos, das assimetrias entre as nações etc. Em nenhum momento, por óbvio, tratou de socialismo ou qualquer outra bobagem que era, e eventualmente é, tema frequente na periferia do petismo"

Reinaldo: Bolsonaro sai menor de Davos; Lula, quando foi, saiu maior
Reinaldo: Bolsonaro sai menor de Davos; Lula, quando foi, saiu maior
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para Reinaldo Azevedo, Jair Bolsonaro sai menor de Davos, enquanto Lula, em 2003, saiu maior. "Uma coisa é certa: Jair Bolsonaro sairá de Davos ainda menor do que entrou. E, com ele, Sérgio Moro, ministro da Justiça, e Paulo Guedes, ministro da Economia. Ou se põe um freio de arrumação na política, ou as coisas se complicam...", escreve ele em seu blog no site da RedeTV!. "O fato é Lula entrou pequeno em Davos, em 2003, na sua estreia no Fórum Econômico Mundial, e saiu de lá bem maior", compara.

Reinaldo lembra que em seu discurso, o então presidente do PT "falou da fome no mundo, da responsabilidade dos ricos, das assimetrias entre as nações etc. Em nenhum momento, por óbvio, tratou de socialismo ou qualquer outra bobagem que era, e eventualmente é, tema frequente na periferia do petismo".

Em outra coluna, o jornalista já havia dito que Bolsonaro foi medíocre em Davos. "O discurso do presidente Jair Bolsonaro no Foro de Davos foi fraco — ou, para empregar a palavra na sua correta acepção, foi 'medíocre', ficou pelo meio: nem empolgou nem irritou", escreveu.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247