Reinaldo diz que Fachin e Cármen passarão vergonha se não votarem pela suspeição de Moro

Colunista Reinaldo Azevedo diz que ambos ainda podem tentar salvar a honra

Reinaldo Azevedo e Sergio Moro
Reinaldo Azevedo e Sergio Moro (Foto: Reprodução | Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornalista Reinaldo Azevedo mandou um aviso aos dois ministros do Supremo Tribunal Federal que ainda não se decidiram pela suspeição do ex-juiz Sérgio Moro, a despeito das provas abundantes que já surgiram sobre sua parcialidade na perseguição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Vamos falar sobre a suspeição óbvia de Moro no caso Lula e suas consequências", disse ele, antes de publicar sete pontos:

1: é evidente que Moro não é  um suspeito seletivo. “Ah, no caso do apartamento, sim; no do sítio, não”.

2: Isso, em si, seria uma aberração. Ele recebeu a denúncia, e as reportagens da Vaza Jato evidenciam a arquitetura de uma caçada judicial. Em certo sentido, o caso do sítio é ainda mais escandaloso. Suspeição de Moro na origem, que recebeu a denúncia, acrescida das barbaridades  da juíza Gabriela Hardt, com a sentença copia-cola. ATENÇÃO AGORA:

3 - O que está em julgamento na Segunda Turma é um Habeas Corpus no âmbito da ação penal do apartamento de Guarujá. Se for declarada a suspeição, vale para esse caso. Não se pode estender o efeito para a  ação penal do sítio.

4 - Assim, se declarada a suspeição na ação penal do triplex — E NÃO CONHEÇO CASO MAIS ESCANCARADO DE  SUSPEIÇÃO —, outro procedimento tem de examinar o caso do sítio. 

5 - Os diálogos indecentes revelados pela Vaza Jato, ora referendados por arquivo da Operação Spoofing, evidenciam que tudo pertence à mesma arquitetura. 

6 - Respeitem-se os procedimentos técnicos: suspeição na ação penal do apartamento e exame posterior e célere da ação penal do sítio, também eivada por ilegalidades e despropósitos.

7 - uma pergunta: Cármen Lúcia e Edson Fachin se contentam com as enormidades já publicadas pela Vaza Jato ou escolhem passar ainda mais vergonha com o que deve sair de um oceano de sete terabytes? Fazer a coisa certa, ministros, nem é mais matéria de coragem,  mas de honra.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email