Reinaldo: Lava Jato engana trouxas que se se deixam enganar

O jornalista Reinaldo Azevedo critica em seu blog a reação da Operação Lava Jato após o STF derrubar a prisão após condenação em segunda instância. "Como não é desinformada, sobrou a má-fé", diz ele

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo critica em seu blog a reação da Operação Lava Jato após o Supremo Tribunal Federal derrubar a prisão após condenação em segunda instância. "Se existem muitos recursos, que se cuide para que diminuam. Essa mais de uma centena de recursos se refere a todos eles, que se distribuem ao longo de processos distintos. Fica parecendo que um único pode abrigar uma centena. É uma vigarice! Do modo como se redigiu o troço, sugere-se que todos eles estão entre a segunda e a terceira instâncias".

De acordo com o jornalista, a Lava Jato, "como não é desinformada, sobrou a má-fé". O texto da força-tarefa, afirma Azevedo, "também engana trouxas que se se deixam enganar". 

Confira a nota da Lava Jato:

"A decisão do Supremo deve ser respeitada, mas como todo ato judicial pode ser objeto de debate e discussão. Para além dos sólidos argumentos expostos pelos cinco ministros vencidos na tese, a decisão de reversão da possibilidade de prisão em segunda instância está em dissonância com o sentimento de repúdio à impunidade e com o combate à corrupção, prioridades do País (…). A existência de quatro instâncias de julgamento, peculiar ao Brasil, associada ao número excessivo de recursos que chegam a superar uma centena em alguns casos criminais, resulta em demora e prescrição, acarretando impunidade."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247