Reinaldo: Pai de Neymar com Bolsonaro é aberração de republiqueta

"Pensem bem: o que há de estranho em alguém que deve para a Receita ser recebido pelo ocupadíssimo ministro da Economia, pelo titular da Receita e depois fazer foto ao lado do chefe da nação? Acontece a toda hora, não é mesmo? Basta que você seja um sonegador — que é o nome que recebe quem sonega impostos — e o acesso aos dois homens mais poderosos da República está franqueado. E com a escolta do Secretário da Receita", diz critica o jornalista Reinaldo Azevedo sobre a audiência de Neymar pai com Jair Bolsonaro, Paulo Guedes e Marcos Cintra

Reinaldo: Pai de Neymar com Bolsonaro é aberração de republiqueta
Reinaldo: Pai de Neymar com Bolsonaro é aberração de republiqueta

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo criticou nesta quinta-feira, 18, o fato do empresário Neymar da Silva Santos, pai do jogador Neymar, quem tem uma dívida de R$ 69 milhões com a Receita Federal, ter sido recebido pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo secretário da Receita, Marcos Cintra.

"Pensem bem: o que há de estranho em alguém que deve para a Receita ser recebido pelo ocupadíssimo ministro da Economia, pelo titular da Receita e depois fazer foto ao lado do chefe da nação? Acontece a toda hora, não é mesmo? Basta que você seja um sonegador — que é o nome que recebe quem sonega impostos — e o acesso aos dois homens mais poderosos da República está franqueado. E com a escolta do Secretário da Receita", diz Reinaldo em seu blog no UOL.

"Neymar da Silva Santos não é exatamente um 'representante do setor privado'. Ele é o pai privado de um filho que é uma pessoa pública. Pergunta besta: fossem ambos eleitores de Haddad, o tratamento teria sido mesmo?", questiona o jornalista. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247