Reinaldo rebate Eduardo Bolsonaro: 'vara-curta a serviço da mentira'

"O Vara-Curta põe em dúvida se eu mantinha algum outro tipo de relação com Andrea e Aécio Neves, sugerindo a existência de algo de espúrio. Se existisse indício ao menos verossímil, ainda que falso, ele já teria sido jogado no ventilador faz tempo", escrev o jornalista Reinaldo Azevedo

(Foto: Reprodução | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo rebateu nesta terça-feira, 28, crítica do deputado Eduardo Bolsonaro, que o acusou de ter mudado de posicionamento em relação à Lava Jato após investigação sobre o deputado Aécio Neves. 

"O Vara-Curta põe em dúvida se eu mantinha algum outro tipo de relação com Andrea e Aécio Neves, sugerindo a existência de algo de espúrio. Bem, vocês devem supor que, se existisse indício ao menos verossímil, ainda que falso, ele já teria sido jogado no ventilador faz tempo", escreve Azevedo em seu blog no UOL

"É compreensível! A partir da própria experiência, tendo o pai e o irmão mais velho como seus guias morais na política, não há mesmo como o deputado Vara-Curta acreditar que as pessoas possam agir por convicção, ética, crença. Enquanto esse rapaz crescia, quem ele tinha à volta como exemplo de virtude? No ambiente familiar, Fabrício Queiroz. Já um pouco mais maduro, passou a respirar os miasmas de Ronaldo Lessa, no condomínio Vivendas da Barra. Não há como não se tornar um cínico, né?", acrescenta Reinaldo. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247