Reinaldo: STF é a maior fonte de insegurança jurídica

O jornalista Reinaldo Azevedo afirma que Lula é vítima de sua própria concepção de mundo e que o STF é a nossa maior fonte de insegurança jurídica; ele diz que “há uma nódoa da má consciência em cada uma das escolhas” que levaram nomes de ministros aos governos do PT para o STF

O jornalista Reinaldo Azevedo afirma que Lula é vítima de sua própria concepção de mundo e que o STF é a nossa maior fonte de insegurança jurídica; ele diz que “há uma nódoa da má consciência em cada uma das escolhas” que levaram nomes de ministros aos governos do PT para o STF
O jornalista Reinaldo Azevedo afirma que Lula é vítima de sua própria concepção de mundo e que o STF é a nossa maior fonte de insegurança jurídica; ele diz que “há uma nódoa da má consciência em cada uma das escolhas” que levaram nomes de ministros aos governos do PT para o STF (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornalista Reinaldo Azevedo afirma que Lula é vítima de sua própria concepção de mundo e que o STF é a nossa maior fonte de insegurança jurídica. Ele diz que “há uma nódoa da má consciência em cada uma das escolhas” que levaram nomes de ministros aos governos do PT para o STF.

“O país passa por uma ruptura institucional ditada de cima para baixo. A Constituição de 1988 morre aos 30 anos. Foi assassinada pelo moralismo estúpido da Lava Jato e pelo STF —obra, nesse caso, de notáveis notórios que o PT guindou ao tribunal para fazer a sua “revolução cultural”. Lula, já escrevi aqui, a exemplo do Luís Bonaparte visto por Marx em “O 18 Brumário”, é vítima de sua própria concepção de mundo.”

Veja aqui o artigo do colunista da Folha.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247