Repórter da Globo é assaltado e agredido em SP

Bruno Laurence, do Globo Esporte, sofreu agressões e teve seus bens roubados enquanto se dirigia para a cobertura da São Silvestre nesta terça-feira; no Twitter, o jornalista escreveu: "As frases: 'mata que é da Globo!', 'mata o maluco do Globo Esporte!' não vão sair nunca mais da minha cabeça"

Bruno Laurence, do Globo Esporte, sofreu agressões e teve seus bens roubados enquanto se dirigia para a cobertura da São Silvestre nesta terça-feira; no Twitter, o jornalista escreveu: "As frases: 'mata que é da Globo!', 'mata o maluco do Globo Esporte!' não vão sair nunca mais da minha cabeça"
Bruno Laurence, do Globo Esporte, sofreu agressões e teve seus bens roubados enquanto se dirigia para a cobertura da São Silvestre nesta terça-feira; no Twitter, o jornalista escreveu: "As frases: 'mata que é da Globo!', 'mata o maluco do Globo Esporte!' não vão sair nunca mais da minha cabeça" (Foto: Gisele Federicce)

247 – O repórter esportivo da Globo Bruno Laurence relatou pelo Twitter ter sofrido um assalto e agressões quando estava a caminho do trabalho na manhã desta terça-feira 31. O jornalista faria a cobertura da corrida São Silvestre, em São Paulo.

"As frases: 'mata que é da Globo!' e 'mata o maluco do Globo Esporte!' não vão sair nunca mais da minha cabeça", escreveu Laurence na rede social. Antes, ele relatou como aconteceu o incidente e o susto que passou.

"Vivemos num país que deu errado. Ultimo dia do ano, a caminho do trabalho, 5:10 am pra escapar de um assalto, Caio em outro. Levaram bens materiais (recuperaremos) me bateram e ao me reconhecerem como 'o cara do Globo Esporte' piorou. Nenhuma fratura no rosto, graças a Deus. Um nariz inchado e a certeza de que meu anjo da guarda eh bom demais. Segue o jogo e bora ser feliz".

Ele disse em outra mensagem que está bem e que, no momento, estava em seu carro particular.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247