Ricardo Kotscho: "quem pode nos salvar do genocida Bolsonaro?"

O jornalista Ricardo Kotscho afirma que a tragédia sanitária em Manaus é um genocídio e aponta a necessidade de afastar Jair Bolsonaro do poder

(Foto: Divulgação | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Ricardo Kotscho escreve que é preciso salvar o país de Jair Bolsonaro, que comete genocídio como evidencia a crise sanitária em Manaus.

"Panelaços e notas de repúdio, como sabemos, não são capazes de nos livrar do mal maior na pandemia que é esse desgoverno do capitão Bolsonaro e do seu cúmplice Pazuello, que a cada dia aumentam o desespero do povo brasileiro".

"Com o atraso proposital para o início da vacinação e o aumento nos casos de mortes e contaminações, batendo recordes diários, brasileiros continuam impedidos de ir às ruas para defender os seus direitos, única forma de obrigar a Câmara a iniciar um processo de impeachment".

"Segundo a Agência Pública, ao todo 1459 pessoas e organizações já assinaram pedidos de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Agora são 56 os pedidos à espera do presidente da Câmara, Rodrigo Maia".

"Motivos não faltam e a cada dia se multiplicam, mas os donos do poder se preocupam apenas com as eleições para as novas direções da Câmara e do Senado", escreve o jornalista no UOL.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email