Ricardo Melo: Brasil parece estar nas mãos de Youssef

Segundo o colunista Ricardo Melo, no clima de todos contra todos criado pela lista de Rodrigo Janot, um criminoso reincidente assume o protagonismo: Alberto Youssef: “Com exceções de praxe, percebe-se que o sistema sobre o qual está assentada a democracia brasileira é viciado, e não de agora”

Segundo o colunista Ricardo Melo, no clima de todos contra todos criado pela lista de Rodrigo Janot, um criminoso reincidente assume o protagonismo: Alberto Youssef: “Com exceções de praxe, percebe-se que o sistema sobre o qual está assentada a democracia brasileira é viciado, e não de agora”
Segundo o colunista Ricardo Melo, no clima de todos contra todos criado pela lista de Rodrigo Janot, um criminoso reincidente assume o protagonismo: Alberto Youssef: “Com exceções de praxe, percebe-se que o sistema sobre o qual está assentada a democracia brasileira é viciado, e não de agora” (Foto: Roberta Namour)

247 – O colunista Ricardo Melo chama atenção para o fato de o temido listão do procurador-geral, Rodrigo Janot, estar embasado na delação do doleiro Alberto Youssef: “no clima de todos contra todos criado pela lista de Rodrigo Janot, um criminoso reincidente assume o protagonismo”.

Ele lembra que ele já fez uma em 2004, na época da CPI do Banestado, quando se comprometeu a nunca mais sair da linha. ‘O tamanho de sua confiabilidade aparece em sua situação atual. Está preso de novo. Quem diz é o Ministério Público: 'Mesmo tendo feito termo de colaboração com a Justiça [...], voltou a delinquir, indicando que transformou o crime em verdadeiro meio de vida.'"

‘A novidade é que hoje o Brasil parece estar nas mãos de um sujeito deste tipo, autor das principais "denúncias" que sustentam o listão. Com exceções de praxe, percebe-se que o sistema sobre o qual está assentada a democracia brasileira é viciado, e não de agora’, diz (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247