Ricardo Miranda: Bolsonaro devolve Brasil aos tempos medievais

Ao discursar na Agrishow, o presidente "prometeu assegurar aos latifundiários o livre direito de matar para defender seus feudos", diz o jornalista; "O Brasil de Bolsonaro, sem reforma agrária e com tiro no lombo dos sem-terra, nos aproxima do modelo da Idade Média, de um arrendamento servil", compara

Ricardo Miranda: Bolsonaro devolve Brasil aos tempos medievais
Ricardo Miranda: Bolsonaro devolve Brasil aos tempos medievais (Foto: Alan Santos /PR)

247 - Ao discursar na Agrishow, o presidente "prometeu assegurar aos latifundiários o livre direito de matar para defender seus feudos", escreve em seu blog o jornalista Ricardo Miranda. "O Brasil de Bolsonaro, sem reforma agrária e com tiro no lombo dos sem-terra, nos aproxima do modelo da Idade Média, de um arrendamento servil", compara.

No evento do agronegócio, realizado em Riberão Preto, interior de São Paulo, Bolsonaro anunciou que apresentará ao Congresso uma lei para que fazendeiros que atirarem em trabalhador sem terra não possam ser punidos. "Ao defender a sua propriedade privada ou a sua vida, o cidadão de bem poderá entrar no excludente de ilicitude. Ou seja, ele responde, mas não tem punição", detalhou.

"No campo, se você já achava um desplante que os ruralistas passassem a dar as cartas na política agrícola, que o ministro do Meio Ambiente, o almofadinha e pajé fake Ricardo Salles, desprezasse a figura de Chico Mendes e transformasse seu instituto, o ICMBio, numa tropa de elite, prepare-se agora para tempos de guerra civil no campo", prevê Ricardo Miranda.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247