Rodolfo Gamberini: propina a Aécio foi parar no dono do helicoca

Jornalista Rodolfo Gamberini, apresentador do jornal da TV Gazeta, observou que o pagamento da propina de R$ 2 milhiões, feita pela JBS ao senador afastado Aécio Neves (PSDB) trouxe à tona o caso do helicoca; "R$ 2 milhões pagos pela empresa [JBS] ao tucano Aécio Neves foram depositados numa conta de Zezé Perrella. Ele é o dono do helicóptero apreendido pela Polícia Federal em Minas com meia tonelada de Cocaína. A Polícia Federal, tão competente, não descobriu até agora, trÊs anos depois, de onde saiu a cocaína, para onde ia a cocaína e quem era o dono da cocaína", diz Gamberini; "Será se isso vai ser revelado algum dia?", questiona

Jornalista Rodolfo Gamberini, apresentador do jornal da TV Gazeta, observou que o pagamento da propina de R$ 2 milhiões, feita pela JBS ao senador afastado Aécio Neves (PSDB) trouxe à tona o caso do helicoca; "R$ 2 milhões pagos pela empresa [JBS] ao tucano Aécio Neves foram depositados numa conta de Zezé Perrella. Ele é o dono do helicóptero apreendido pela Polícia Federal em Minas com meia tonelada de Cocaína. A Polícia Federal, tão competente, não descobriu até agora, trÊs anos depois, de onde saiu a cocaína, para onde ia a cocaína e quem era o dono da cocaína", diz Gamberini; "Será se isso vai ser revelado algum dia?", questiona
Jornalista Rodolfo Gamberini, apresentador do jornal da TV Gazeta, observou que o pagamento da propina de R$ 2 milhiões, feita pela JBS ao senador afastado Aécio Neves (PSDB) trouxe à tona o caso do helicoca; "R$ 2 milhões pagos pela empresa [JBS] ao tucano Aécio Neves foram depositados numa conta de Zezé Perrella. Ele é o dono do helicóptero apreendido pela Polícia Federal em Minas com meia tonelada de Cocaína. A Polícia Federal, tão competente, não descobriu até agora, trÊs anos depois, de onde saiu a cocaína, para onde ia a cocaína e quem era o dono da cocaína", diz Gamberini; "Será se isso vai ser revelado algum dia?", questiona (Foto: Aquiles Lins)

247 - O jornalista Rodolfo Gamberini, apresentador do jornal da TV Gazeta, observou que o pagamento da propina de R$ 2 milhiões, feita pela JBS ao senador afastado Aécio Neves (PSDB) trouxe à tona o caso do helicoca. 

"R$ 2 milhões pagos pela empresa [JBS] ao tucano Aécio Neves foram depositados numa conta de Zezé Perrella. Ele é o dono do helicóptero apreendido pela Polícia Federal em Minas com meia tonelada de Cocaína. A Polícia Federal, tão competente, não descobriu até agora, trÊs anos depois, de onde saiu a cocaína, para onde ia a cocaína e quem era o dono da cocaína", diz Gamberini. "Será se isso vai ser revelado algum dia?", questiona. 

Assista acima. 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247