Sidney Rezende: campanha presidencial de 2018 será violenta

O jornalista Sidney Rezende criticou a fake news que teve como vítima o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE). "A campanha presidencial 2018 será agressiva, violenta até. Provocadores já estão atuando com o objetivo de desestabilizar o quadro político. Eles se passam por “blogueiros” e saem às ruas atacando suas presas. Ciro Gomes foi vítima de um deles no Rio Grande do Sul", escreveu Rezende no Twitter

O jornalista Sidney Rezende criticou a fake news que teve como vítima o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE). "A campanha presidencial 2018 será agressiva, violenta até. Provocadores já estão atuando com o objetivo de desestabilizar o quadro político. Eles se passam por “blogueiros” e saem às ruas atacando suas presas. Ciro Gomes foi vítima de um deles no Rio Grande do Sul", escreveu Rezende no Twitter
O jornalista Sidney Rezende criticou a fake news que teve como vítima o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE). "A campanha presidencial 2018 será agressiva, violenta até. Provocadores já estão atuando com o objetivo de desestabilizar o quadro político. Eles se passam por “blogueiros” e saem às ruas atacando suas presas. Ciro Gomes foi vítima de um deles no Rio Grande do Sul", escreveu Rezende no Twitter (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Sidney Rezende criticou a fake news que teve como vítima o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT-CE). "A campanha presidencial 2018 será agressiva, violenta até. Provocadores já estão atuando com o objetivo de desestabilizar o quadro político. Eles se passam por “blogueiros” e saem às ruas atacando suas presas. Ciro Gomes foi vítima de um deles no Rio Grande do Sul", escreveu Rezende no Twitter.

A suposta agressão do candidato Ciro Gomes, do PDT, ao blogueiro conhecido como 'Mamãe Falei', é uma notícia falsa, publicada pelo ativista do MBL apenas para chamar atenção. O vídeo publicado pelo próprio blogueiro o desmascara e prova que, na realidade, ele foi o agressor.

Gustavo Castañon, assessor de Ciro, postou no Facebook a seguinte mensagem:

"Amigos, quero tranquilizar a todos aqui. Falei com três testemunhas oculares do evento e todos garantem que Ciro não bateu no Mamãe Falei, ele colocou a mão na nuca dele e deu aquele tapinha de despedida. O sujeito fez a pantomima na hora e prometeu o vídeo, mas ainda não o postou. Na saída ele tentou pedir desculpas para o Ciro, mas foi ignorado e ridicularizado pela imprensa. Espero que o Ciro o processe, mas infelizmente ele tem por princípio não judicializar a disputa política. Ciro agora é número 1 no twitter e o MBL está sendo desmoralizado. Esperem amanhã. Obrigado MBL!".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247