Silvio Santos aconselhou Temer a simplificar discurso sobre reforma da Previdência

Antes de Silvio Santos convidar Michel Temer para uma entrevista no SBT, houve uma espécie de preparação do emedebista; de acordo com informações divulgadas pela coluna Expresso, Silvio disse que os argumentos do governo sobre a reforma da previdência estavam muito complicados, o que dificultava o convencimento acerca do projeto

Antes de Silvio Santos convidar Michel Temer para uma entrevista no SBT, houve uma espécie de preparação do emedebista; de acordo com informações divulgadas pela coluna Expresso, Silvio disse que os argumentos do governo sobre a reforma da previdência estavam muito complicados, o que dificultava o convencimento acerca do projeto
Antes de Silvio Santos convidar Michel Temer para uma entrevista no SBT, houve uma espécie de preparação do emedebista; de acordo com informações divulgadas pela coluna Expresso, Silvio disse que os argumentos do governo sobre a reforma da previdência estavam muito complicados, o que dificultava o convencimento acerca do projeto (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Antes de Silvio Santos convidar Michel Temer para uma entrevista no SBT, houve uma espécie de preparação do emedebista. De acordo com informações divulgadas pela coluna Expresso, Silvio disse que os argumentos do governo sobre a reforma da previdência estavam muito complicados, o que dificultava o convencimento acerca do projeto.

O dono do SBT havia convidado a família para almoçar com Temer, que foi acompanhado do ministro Moreira Franco. O deputado Fábio Faria (PSD-RN), genro do apresentador, também participou, de acordo com coluna Painel da Folha de S.Paulo.

Silvio também havia revelado um favor recebido de Temer. Em evento, ele disse que sua emissora de televisão não está mais em seu nome, mas no nome das filhas Daniela e Renata. De acordo com o apresentador,  a mudança no controle da empresa teria sido feita por Temer

"Já estou afastado desde que o Michel Temer, o presidente, passou as empresas para o nome delas", disse.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247