Suposto ‘hacker’ era preso em regime aberto, por arma ilegal e documento falso

Um dos supostos hackers detido pela PF "é um preso em regime aberto: Gustavo Henrique Elias Santos, de Sorocaba, preso em 2013 por porte ilegal de arma de fogo e, outra vez, em 2015, pelo mesmo crime, em Itajaí, Santa Catarina", afirma o jornalista Fernando Brito, do Tijolaço; "Os nossos “hackers russos” andam mal e a história bem esquisita…"

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Fernando Brito, do Tijolaço - Um dos supostos hackers preso nesta terça-feira (23) é um preso em regime aberto: Gustavo Henrique Elias Santos, de Sorocaba, preso em 2013 por porte ilegal de arma de fogo e, outra vez, em 2015, pelo mesmo crime, em Itajaí, Santa Catarina, em maio.

Gustavo estava condenado a seis anos de prisão em regime aberto, no processo Nº 0000966-95.2013.8.26.0037, por sentença do desembargador Ivo de Almeida, do TJSP.

Nesta ultima prisão, estava com outro acusado de ser “hacker”, Walter Delgatti Neto, que foi detido poucos momentos antes de Gustavo, por se passar por delegado de polícia no parque Beto Carrero, em Itajaí (SC). Com ele foram encontrados anabolizantes e seringas. Walter, informou a polícia na época, já teria sido preso por estelionato.

Os nossos “hackers russos” andam mal e a história bem esquisita…

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247