"Tabata Amaral é uma enganadora", diz Rodrigo Vianna

O jornalista comentou a polêmica envolvendo a parlamentar e o ator José de Abreu. Ele condenou a ameaça sofrida por Tabata, saiu em defesa do artista, que não atacou a deputada, e fez duras críticas a ela. Assista na TV 247

Tabata Amaral e Rodrigo Vianna
Tabata Amaral e Rodrigo Vianna (Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados | Felipe L. Gonçalves/Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O jornalista Rodrigo Vianna, em participação no Bom Dia 247 neste domingo (26), repercutiu a polêmica envolvendo a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) e o ator José de Abreu.

O artista, no Twitter, compartilhou uma mensagem que fazia uma ameaça à parlamentar, que entendeu que ele estava apoiando a declaração do internauta que dizia: “se eu encontro na rua, soco até ser preso”. Zé de Abreu, no entanto, estava apenas compartilhando o fato, sem manifestar qualquer tipo de endosso.

Viana destacou que a ameaça, de fato, é "absurda", "inadmissível", mas explicou: "retuitar não é endossar, realmente. Eu já dei retuíte em frases absurdas justamente para mostrar o absurdo".

PUBLICIDADE

O jornalista defendeu que a deputada seja criticada somente no campo político, mas pontuou que Tabata recebe gestos de solidariedade de setores que antes não se solidarizaram com a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) e a ex-presidente Dilma Rousseff, por exemplo. "A Tabata Amaral se coloca muitas vezes como vítima, usa essa posição. Ela não pode ser criticada? Pode. Não pode dizer que vai bater. Isso não. Ela fez realmente um artigo colecionando todas as agressões que ela já sofreu. Agressões que a Maria do Rosário já sofreu, que a Dilma sofreu. E aí vem gente da imprensa tradicional, que debochava da Dilma, participou do linchamento público da Dilma, e aí agora está todo mundo solidário a Tabata. Eu não entro nessa. O Zé de Abreu deu um retuíte, não endossou aquela frase absurda original de um internauta. A Tabata não precisa apelar a esse tipo de coisa".

Para Vianna, Tabata é uma fraude. "Ela foi eleita pelo PDT, partido de tradição trabalhista, e votou a favor da reforma previdenciária, que tirou direitos trabalhistas. Ela enganou o eleitorado dela. Ela é uma enganadora, politicamente falando".

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email