Tacla Durán e a Odebrecht: por que o Brasil deve prestar atenção no que ele tem a dizer

"O grande problema da Procuradoria do Panamá, responsável pelo acordo, é que faltam recursos para fazer uma investigação a partir do que dizem os delatores. Tacla Durán está na Espanha e, segundo advogados dele com quem eu conversei, o problema não é este. É falta de interesse para investigar. Haveria no País um grande acordo, para não envolver o atual presidente e manter tudo como está, inclusive os contratos do governo com a Odebrecht", escreve Joaquim de Carvalho no Diário do Centro do Mundo

Rodrigo tacla Duran
Rodrigo tacla Duran (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "O grande problema da Procuradoria do Panamá, responsável pelo acordo, é que faltam recursos para fazer uma investigação a partir do que dizem os delatores. Tacla Durán está na Espanha e, segundo advogados dele com quem eu conversei, o problema não é este. É falta de interesse para investigar. Haveria no País um grande acordo, para não envolver o atual presidente e manter tudo como está, inclusive os contratos do governo com a Odebrecht", escreve Joaquim de Carvalho no Diário do Centro do Mundo.

Leia mais aqui.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247