Tales Faria: Militares assumiram a tutela do governo, afirmam os próprios bolsonaristas

A prisão Fabrício Queiroz, impactou Jair Bolsonaro, que temporariamente parou de atirar contra os ministros do Supremo Tribunal Federal e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia

(Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "A nova versão 'Jairzinho Paz e Amor' do presidente alegra os políticos, especialmente do centrão, mas seus aliados mais antigos, os bolsonaristas de raiz, não estão gostando nada, nada", escreve Tales Faria, colunista do UOL.

"A avaliação dos bolsonaristas é de que o presidente a República está acuado e sob a tutela dos militares. É o que diz claramente um dos principais blogueiros do grupo, Bernardo Küster, em vídeo postado no seu blog"

"Segundo Küster, o presidente está acuado. Os militares compõem ou indicaram 'muitos, muitos e muitos' cargos da administração Bolsonaro, porque os conservadores não têm quadros. E se os militares saírem, o 'governo desmorona' ".

"O guru da ala mais radical dos bolsonaristas, Olavo de Carvalho, faz coro".

"Não só reproduziu em sua conta no Facebook o vídeo de Bernardo Kuster, como afirmou em uma postagem própria deste sábado, 27: 'Patriotismo militar é apenas corporativismo enfeitado, pago com dinheiro civil'."

Leia a íntegra.
 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247