"Tem que haver uma resposta amanhã. Isso já passou de todos os limites", diz Tereza Cruvinel

"Se atravessarmos esse dia de hoje sem maiores tragédias, amanhã é preciso ter uma resposta", disse a jornalista à TV 247. "Acho que a resposta vem do Supremo. A lei da defesa do Estado Democrático de Direito está em vigor e pode ser acionada"

www.brasil247.com - Tereza Cruvinel
Tereza Cruvinel (Foto: Reprodução)


247 - A jornalista Tereza Cruvinel, em entrevista à TV 247 nesta terça-feira, 7 de setembro, afirmou que o dia seguinte aos atos golpistas convocados por Jair Bolsonaro precisa reservar a ele alguma dura resposta.

As ameaças de Bolsonaro à democracia, segundo Tereza, já passaram de todos os limites. "Não sabemos o que pode acontecer hoje. A 'invasão do Capitólio' pode acontecer. Mas no dia seguinte temos que pensar na reação das instituições, que também não estão inativas. Temos uma Câmara arrendada ao Centrão, mas temos um Senado cada vez mais um posição legalista e o Supremo na resistência". 

Para Tereza, a resposta tende a vir do Supremo, em um processo jurídico que pode desaguar, talvez, na destituição do chefe do governo federal. "Não acho que a resposta é o processo de impeachment, acho que a resposta vem do Supremo. Tem que ter uma resposta amanhã. Isso já passou de todos os limites. Não há mais nada a contemporizar com o Bolsonaro. A lei da defesa do Estado Democrático de Direito está em vigor e pode ser acionada. O Bolsonaro precisa de uma resposta mais imediata, e não acho que seja pelo impeachment, um processo mais arrastado. O Supremo tem instrumentos para dar resposta jurídica. Mas é preciso ter alguma força, algum apoio. É preciso ter uma Polícia Federal que vá destituir um presidente se for decretada a destituição dele por crime contra a lei de defesa do Estado Democrático de Direito". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Se atravessarmos esse dia de hoje sem maiores tragédias, amanhã é preciso ter uma resposta", concluiu.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email