‘Teori expede mandado. Vem operação por aí?’

Jornalista Helena Chagas, do site Os Divergentes, acredita, com base no rito dos últimos dias do gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, que "é bem possível que nos próximos dias, ou até horas, tenhamos nova fase da Lava Jato, desta vez comandada pelo Supremo"; ela lembra que, apesar de o gabinete de Teori Zavascki ser um "bunker antivazamentos", o ministro deferiu uma cautelar na semana passada e expediu um mandado ontem

Jornalista Helena Chagas, do site Os Divergentes, acredita, com base no rito dos últimos dias do gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, que "é bem possível que nos próximos dias, ou até horas, tenhamos nova fase da Lava Jato, desta vez comandada pelo Supremo"; ela lembra que, apesar de o gabinete de Teori Zavascki ser um "bunker antivazamentos", o ministro deferiu uma cautelar na semana passada e expediu um mandado ontem
Jornalista Helena Chagas, do site Os Divergentes, acredita, com base no rito dos últimos dias do gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal, que "é bem possível que nos próximos dias, ou até horas, tenhamos nova fase da Lava Jato, desta vez comandada pelo Supremo"; ela lembra que, apesar de o gabinete de Teori Zavascki ser um "bunker antivazamentos", o ministro deferiu uma cautelar na semana passada e expediu um mandado ontem (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para a jornalista Helena Chagas, do site Os Divergentes, com base no rito dos últimos dias do gabinete do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, relator da Lava Jato na corte, "é bem possível que nos próximos dias, ou até horas, tenhamos nova fase da Lava Jato, desta vez comandada pelo Supremo".

Ela afirma que, apesar de o gabinete de Teori ser um "bunker antivazamentos", o ministro deferiu uma cautelar na semana passada e expediu um mandado ontem, o que poderia indicar uma nova investigação.

"A mais retumbante operação já feita sob a coordenação de Teori foi a prisão do então senador Delcídio Amaral sob a acusação de obstruir as investigações ao tentar melar a delação premiada de Nestor Cerveró. Senhores senadores e deputados, apertem os cintos...", alerta.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247