Tereza Cruvinel cobra Coaf para somar depósitos do Bolsogate

"Alô Coaf. Podiam fazer a conta aí de quanto foi depositado na conta de Fabricio por empregados dos gabinetes de Flávio e Jair Bolsonaro? Isso é muito importante", sugeriu a jornalista

Tereza Cruvinel cobra Coaf para somar depósitos do Bolsogate
Tereza Cruvinel cobra Coaf para somar depósitos do Bolsogate

247 - A jornalista Tereza Cruvinel, colunista do Jornal do Brasil, cobrou em sua conta no Twitter para que o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) some a quantia depositada na conta do policial Fabricio Queiroz, ex-assessor do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro, filho do presidente eleito Jair Bolsonaro.

"Alô Coaf. Podiam fazer a conta aí de quanto foi depositado na conta de Fabricio por empregados dos gabinetes de Flávio e Jair Bolsonaro? Isso é muito importante", sugeriu Tereza.

Reportagem da Veja apontou que sete funcionários que passaram pelo gabinete do parlamentar fizeram depósitos na conta de Queiroz. A suspeita é de que ex-assessores de Flávio na Alerj abriam mão de parte de seus salários. Agora deputados da Alerj avaliam pedir investigação contra Flávio, que deixa o mandato em fevereiro.

Em outro tuíte, Tereza foi irônica ao se referir a uma das filhas do ex-assessor, que trabalhou como assessora do próprio Jair Bolsonaro e foi exonerada no mesmo dia do pai, 15 de outubro. "Natália é filha exemplar e desprendida. Depositou na conta do pai, o assessor de Flávio Bolsonaro, quase tudo que ganhou no ano, trabalhando no mesmo gabinete: R$ 84 mil".

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247