Tereza Cruvinel fala sobre “uma chance à unidade” da esquerda

De acordo com a jornalista Tereza Cruvinel, a resposta contra o apoio do 'centrão' a Geraldo Alckmin (PSDB) "tem que ser a unidade, gritam todos na esquerda, mas ninguém se move. Prevalece a velha dificuldade para avaliarem conjuntamente o quadro, definindo a estratégia e abdicando de ganhos partidários, em nome da vitória ou da mera sobrevivência"

Tereza Cruvinel fala sobre “uma chance à unidade” da esquerda
Tereza Cruvinel fala sobre “uma chance à unidade” da esquerda (Foto: Dir.: em cima (Stuckert); embaixo (Sul 21))

247 - "A recusa do empresário Josué Alencar em ser vice de Geraldo Alckmin, que parece consumada, foi um tropeço, mas isso não tira do tucano a vantagem conseguida com o apoio do Centrão", diz a jornalista Tereza Cruvinel em sua coluna no Jornal do Brasil. "Com sua ampla coligação, Alckmin firmou-se como candidato do establishment, em situação que contrasta com a dos partidos de esquerda. Unindo suas forças, a direita agora vai com tudo em busca de uma vaga no segundo turno".

De acordo com a jornalista, "a resposta tem que ser a unidade, gritam todos na esquerda, mas ninguém se move. Prevalece a velha dificuldade para avaliarem conjuntamente o quadro, definindo a estratégia e abdicando de ganhos partidários, em nome da vitória ou da mera sobrevivência".

"Foi intensa a boataria ontem sobre os rumos do PSB, dividido entre apoiar Ciro Gomes ou o candidato do PT. A reunião do diretório nacional, no dia 30, empurrará a decisão para a convenção, dia 5", continua. "Se a decisão do PSB for não apoiar ninguém, será igualmente ruim para Ciro e o PT, hoje também isolado"

Tereza afirma, ainda, que "haverá um momento, e uma chance, para a unidade ainda no primeiro turno, dizem os utópicos da unidade". "Quando Lula for definitivamente impedido, o que deve acontecer em meados de setembro, o PT pode não necessariamente lançar o nome a ser ungido por Lula. Nesta hora, será preciso avaliar o potencial de Ciro e as chances reais de transferência. Da mesma forma, nessa hora Ciro deverá considerar a hipótese de desistir para apoiar o candidato do PT, se os indicadores forem favoráveis a ele". 

Leia a íntegra no Jornal do Brasil

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247