Tijolaço: 'Alckmin foi derrotado por sua própria estupidez'

Para o jornalista Fernando Brito, editor do Tijolaço, apesar da garotada das escolas públicas de São Paulo, "que foi valente e bem mais madura que muito marmanjo", não foram eles que derrotaram o plano de Geraldo Alckmin de fechar escolas públicas; "Quem derrotou Geraldo Alckmin foi, sobretudo, Geraldo Alckmin, que se comportou como um arrogante, um tirano, um autoritário que acha que questões educacionais são um caso de polícia", afirma; leia íntegra

Para o jornalista Fernando Brito, editor do Tijolaço, apesar da garotada das escolas públicas de São Paulo, "que foi valente e bem mais madura que muito marmanjo", não foram eles que derrotaram o plano de Geraldo Alckmin de fechar escolas públicas; "Quem derrotou Geraldo Alckmin foi, sobretudo, Geraldo Alckmin, que se comportou como um arrogante, um tirano, um autoritário que acha que questões educacionais são um caso de polícia", afirma; leia íntegra
Para o jornalista Fernando Brito, editor do Tijolaço, apesar da garotada das escolas públicas de São Paulo, "que foi valente e bem mais madura que muito marmanjo", não foram eles que derrotaram o plano de Geraldo Alckmin de fechar escolas públicas; "Quem derrotou Geraldo Alckmin foi, sobretudo, Geraldo Alckmin, que se comportou como um arrogante, um tirano, um autoritário que acha que questões educacionais são um caso de polícia", afirma; leia íntegra (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Fernando Brito, do Tijolaço - Com todo o respeito pela garotada das escolas públicas de São Paulo, que foi valente e bem mais madura que muito marmanjo que se deixa levar pela histeria, não foram eles que derrotaram o plano de Geraldo Alckmin de fechar escolas públicas.

Quem derrotou foi a reprovação do povo de São Paulo à brutalidade com que seu movimento legítimo foi tratado pelo Governado Geraldo Alckmin, brutalidade repetida hoje na "chuva de bombas" que se derramou nas ruas paulistanas.

Quem derrotou foi o medo – medo, e não escrúpulo – do governador ao ver que estava se tornando inevitável que ocorresse uma tragédia que o marcasse, sem volta, com o estigma de assassino de jovens.

Quem derrotou Geraldo Alckmin foi, sobretudo, Geraldo Alckmin, que se comportou como um arrogante, um tirano, um autoritário que acha que questões educacionais são um caso de polícia.

Quem derrotou o "invencível" governador tucano foi, reconheça-se também, a serenidade com que a gurizada agiu, sem deixar que meia-dúzia de babacas pusesse a perder a simpatia da população.

Por isso, neste instante em que os garotos e garotas das escolas públicas paulistas venceram pacificamente a guerra que se lhes quir mover, nós, os mais velhos, só temos uma coisa a dizer.

Obrigado por vocês nos fazerem manter – e recuperar, se a andávamos perdendo – a fé em que o mundo pode ser e será melhor.

Nós os vimos sofrer o que não queríamos ver sofrerem nossos filhos.

E, agora, quando serenamente vencem, sentimos vontade de abraçar cada um de vocês como desejamos abraçar os nossos filhos.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247