Tijolaço: cuidado, Temer, você pode ser o Pezão amanhã

"Quem assistiu às cenas da invasão de servidores – boa parte deles policiais civis e militares à paisana – ao plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro deveria mandar o vídeo para o senh0r Michel Temer, que anda falando com o desdém das 'favas contadas' de sua reforma previdenciária", alerta Fernando Brito, editor do Tijolaço

"Quem assistiu às cenas da invasão de servidores – boa parte deles policiais civis e militares à paisana – ao plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro deveria mandar o vídeo para o senh0r Michel Temer, que anda falando com o desdém das 'favas contadas' de sua reforma previdenciária", alerta Fernando Brito, editor do Tijolaço
"Quem assistiu às cenas da invasão de servidores – boa parte deles policiais civis e militares à paisana – ao plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro deveria mandar o vídeo para o senh0r Michel Temer, que anda falando com o desdém das 'favas contadas' de sua reforma previdenciária", alerta Fernando Brito, editor do Tijolaço (Foto: Leonardo Attuch)

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço

Quem assistiu às cenas da invasão de servidores – boa parte deles policiais civis e militares à paisana – ao plenário da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro deveria mandar o vídeo para o senh0r Michel Temer, que anda falando com o desdém das “favas contadas” de sua reforma previdenciária.

Por mais “jeitos” que se arranje, vai ser inevitável que se forme uma grande onda de protestos contra a retirada de direitos, como se registrou aqui no Rio, claro que agravadas pela “dose cavalar” de maldades do Governador Pezão em estabelecer logo uma alíquota de 30% para os descontos previdenciários de ativos e aposentados.

Ninguém acredite que vai “escapar” da reforma por já estar no final da vida laboral e que as medidas de corte serão só para daqui a alguns anos.

E ninguém pense também que essa situação de caos – como a que está sendo vivida aqui – vá trazer benefícios à democracia.

Os fantasmas do autoritarismo no Brasil usam capas pretas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247