Tijolaço: desde Médici, não se ameaçava brasileiro com exílio

O editor do blog Tijolaço afirma que, desde Médici, ninguém ameaçava um brasileiro com exílio; ele se espanta com um vídeo de Jair Bolonaro e diz: "quem assistir ao vídeo onde o Sr. Jair Bolsonaro despeja, com um discurso gutural o seu desejo de expulsar do país todos aqueles que não concordarem ou se submeterem a sua vontade fascista não pode deixar de perceber quão escura é a treva em que ele lançará esse país"

Tijolaço: desde Médici, não se ameaçava brasileiro com exílio
Tijolaço: desde Médici, não se ameaçava brasileiro com exílio (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

247 - O editor do blog Tijolaço afirma que, desde Médici, ninguém ameaçava um brasileiro com exílio. Ele se espanta com um vídeo de Jair Bolonaro e diz: "quem assistir ao vídeo onde o Sr. Jair Bolsonaro despeja, com um discurso gutural o seu desejo de expulsar do país todos aqueles que não concordarem ou se submeterem a sua vontade fascista não pode deixar de perceber quão escura é a treva em que ele lançará esse país".

O artigo de Brito introduz a questão com uma série de condicionantes dolorosamente retóricos: "se o Brasil tivesse uma imprensa digna da sua missão de informar, o Brasil não estaria à beira de cair sob o tacão do fascismo. Se o Brasil tivesse instituições dignas de sua missão constitucional, não estaria na iminência de viver sob uma ditadura. Se o Brasil tivesse liberais dignos de princípios e não amantes da velhacaria e de interesses eleitoreiros não estaria ao ponto de descer para a treva do autoritarismo. Se Brasil tivesse uma elite econômica que amasse o país que sustenta sua fartura não estaria a um passo de regressarmos a escravatura".

E prossegue: "mas este país não os tem e por isso assistimos, indefesos, vê-lo atirado no lixo, submetido a um governante tosco, primário, imbecil, capaz de negar o direito mais básico que tem cada ser humano que aqui vive: o direito de ser brasileiro.

(...)

Mesmo os “bem-postos” – juízes, promotores, deputados, empresários, “mercadistas” – que odeiam o povo simples e humilde desse país não podem deixar de ver que vamos ser mergulhados na selva da violência estatal, numa situação em que as grandes maiorias da população serão submetidas à alternativa entre a vassalagem ou a insurreição".

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247