Tijolaço: partido de Bolsonaro virou MMA

O editor do Tijolaço, Fernando Brito, relata as baixarias do PSL, partido de Jair Bolsonaro, entre os deputados eleitos Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann. "O 'barraco' de ontem entre Joyce Hasselman e seu filho '02', Eduardo, continuou hoje. O filho disse que ela estava aumentando sua 'fama de louca'. A deputada levantou o scarpin: 'ponha-se no seu lugar', mandou ela, depois de dizer que ele se comportava 'como um bebê no jardim de infância'", escreveu o colunista

Tijolaço: partido de Bolsonaro virou MMA
Tijolaço: partido de Bolsonaro virou MMA
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço O "chefe" já se deu conta do estrago e chamou uma (a primeira) reunião com o amontoado – chamar de bancada seria impróprio – de parlamentares eleitos à sombra do alugado PSL.

Jair Bolsonaro, entretanto, deveria pensar bem pois do jeito que as coisas vão a baixaria vai rolar solta.

O "barraco" de ontem entre Joyce Hasselman e seu filho "02", Eduardo, continuou hoje.

O filho disse que ela estava aumentando sua "fama de louca".

A deputada levantou o scarpin: "ponha-se no seu lugar", mandou ela, depois de dizer que ele se comportava "como um bebê no jardim de infância". E ameaçou: "Se formos discutir a questão 'fama' a coisa vai longe".

Eduardo não é o único filho metido em brigas: Carlos, mesmo exilado no Rio, abre fogo contra o marombado deputado paraibano Julien Lemos.

A reunião, em princípio marcada para quarta-feira, promete.

Temos uma tragédia ela frente, mas certamente com muitos lances de comédia.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247