Tijolaço: “prova” de Corrêa contra Lula são reuniões públicas

O jornalista Fernando Brito, no Tijolaço, destaca a tentativa do ex-deputado pepista Pedro Correa de incriminar o ex-presidente Lula com fotos de reuniões políticos; as "provas" foram apresentadas ao juiz Sergio Moro, que, de acordo dom Brito, não parece levar a si mesmo a sério; "O Doutor Sérgio Moro parece não levar a si mesmo a sério ou a prezar seu próprio tempo, que deve ser escasso. Numa cena patética, o ex- deputado do PP, Pedro Correa, ficou exibindo fotos de quando era presidente da sigle e, nesta condição, participava do Conselho Político do governo Lula", diz no Tijolaço

O jornalista Fernando Brito, no Tijolaço, destaca a tentativa do ex-deputado pepista Pedro Correa de incriminar o ex-presidente Lula com fotos de reuniões políticos; as "provas" foram apresentadas ao juiz Sergio Moro, que, de acordo dom Brito, não parece levar a si mesmo a sério; "O Doutor Sérgio Moro parece não levar a si mesmo a sério ou a prezar seu próprio tempo, que deve ser escasso. Numa cena patética, o ex- deputado do PP, Pedro Correa, ficou exibindo fotos de quando era presidente da sigle e, nesta condição, participava do Conselho Político do governo Lula", diz no Tijolaço
O jornalista Fernando Brito, no Tijolaço, destaca a tentativa do ex-deputado pepista Pedro Correa de incriminar o ex-presidente Lula com fotos de reuniões políticos; as "provas" foram apresentadas ao juiz Sergio Moro, que, de acordo dom Brito, não parece levar a si mesmo a sério; "O Doutor Sérgio Moro parece não levar a si mesmo a sério ou a prezar seu próprio tempo, que deve ser escasso. Numa cena patética, o ex- deputado do PP, Pedro Correa, ficou exibindo fotos de quando era presidente da sigle e, nesta condição, participava do Conselho Político do governo Lula", diz no Tijolaço (Foto: José Barbacena)

247 - O jornalista Fernando Brito, no Tijolaço, destaca a tentativa do ex-deputado pepista Pedro Correa de incriminar o ex-presidente Lula com fotos de reuniões políticos. As "provas" foram apresentadas ao juiz Sergio Moro, que, de acordo dom Brito, não parece levar a si mesmo a sério.

"O Doutor Sérgio Moro parece não levar a si mesmo a sério ou a prezar seu próprio tempo, que deve ser escasso. Numa cena patética, o ex- deputado do PP, Pedro Correa, ficou exibindo fotos de quando era presidente da sigla e, nesta condição, participava do Conselho Político do governo Lula", diz no Tijolaço.

Fernando Brito afirma, então, que se for levar em consideração fotos como provas, o que dizer da relação de Michel Temer com o senador afastado Aécio Neves. "Desde quando participar de reuniões públicas, com uma penca de gente, é ter relação pessoal? Se o Dr. Moro leva isso a sério tem de levar a sério também que lhe digam que, pelas fotos – e muito mais calorosas – com Aécio Neves e Michel Temer ele “sabia de tudo” sobre a JBS".

"Curioso que o juiz que corta a palavra da defesa, impede perguntas e atalha depoimentos favoráveis a Lula alegando que tem de economizar tempo, ouve pacientemente um tipo facinoroso como Correa diz baboseiras mostrando fotos de algo que não foi nem poderia ser negado: reuniões públicas, com fotografias públicas…", diz o jornalista.

Leia o artigo completo no Tijolaço

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247