Tijolaço: se Doria quer Lula solto, é porque tem mais medo do Lula preso

"Se João Dória diz a uma platéia de especuladores, como registra a Época, que 'é melhor que Lula dispute (a eleição presidencial de 2018) e perca. Temos de vencer Lula nas urnas', é sinal de que tem pesquisas indicando que a decretação da prisão de Lula ia produzir um terremoto eleitoral. (...) É óbvio que João Dória ou qualquer outro candidato a Presidente preferiria concorrer sem ter de enfrentar o favorito Lula. Mas, ao que parece, têm mais medo de enfrentar “o mito” e o “mito” não é Jair Bolsonaro", escreve Fernando Brito, editor do Tijolaço

"Se João Dória diz a uma platéia de especuladores, como registra a Época, que 'é melhor que Lula dispute (a eleição presidencial de 2018) e perca. Temos de vencer Lula nas urnas', é sinal de que tem pesquisas indicando que a decretação da prisão de Lula ia produzir um terremoto eleitoral. (...) É óbvio que João Dória ou qualquer outro candidato a Presidente preferiria concorrer sem ter de enfrentar o favorito Lula. Mas, ao que parece, têm mais medo de enfrentar “o mito” e o “mito” não é Jair Bolsonaro", escreve Fernando Brito, editor do Tijolaço
"Se João Dória diz a uma platéia de especuladores, como registra a Época, que 'é melhor que Lula dispute (a eleição presidencial de 2018) e perca. Temos de vencer Lula nas urnas', é sinal de que tem pesquisas indicando que a decretação da prisão de Lula ia produzir um terremoto eleitoral. (...) É óbvio que João Dória ou qualquer outro candidato a Presidente preferiria concorrer sem ter de enfrentar o favorito Lula. Mas, ao que parece, têm mais medo de enfrentar “o mito” e o “mito” não é Jair Bolsonaro", escreve Fernando Brito, editor do Tijolaço (Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Fernando Brito, editor do Tijolaço

Todo mundo, até Fernando Henrique Cardoso, sabe que o prefeito de São Paulo, é, antes de tudo, um marqueteiro.

E todo mundo sabe, até o “Farol de Alexandria” que marqueteiro não dá um passo sem pesquisa.

Se João Dória diz a uma platéia de especuladores, como registra a Época, que ” “é melhor que Lula dispute (a eleição presidencial de 2018) e perca. Temos de vencer Lula nas urnas”, é sinal de que tem pesquisas indicando que a decretação da prisão de Lula ia produzir um terremoto eleitoral.

“Se o Lula for impedido de disputar… o Brasil não precisa de mártires, especialmente um mártir com cinco indiciamentos na Justiça. Depois ele pode pagar. Se Lula for derrotado, volta a ser Luiz Inácio. Acaba o mito”.

É óbvio que João Dória ou qualquer outro candidato a Presidente preferiria concorrer sem ter de enfrentar o favorito Lula.

Mas, ao que parece, têm mais medo de enfrentar “o mito” e o “mito” não é Jair Bolsonaro.

Veja em que estranha situação se meteu a direita brasileira com a perseguição a Lula.

Se soltar o bicho come, se prender o bicho pega.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247