Tijolaço: Temer vive sua black friday, com queima total

"Temer não tem mais valor, porque perdeu as condições de sustentar um mínimo de legitimidade – ele e o Congresso – para passar o pacote de maldades que é o que interessava a seus patrocinadores", diz Fernando Brito, editor do Tijolaço

Brasília- DF 16-06-2016 Presidente interino, Michel Temer e o ministro da educação, Mendonça filho anunciando prorrogação do FIES. Foto Lula Marques/Agência PT
Brasília- DF 16-06-2016 Presidente interino, Michel Temer e o ministro da educação, Mendonça filho anunciando prorrogação do FIES. Foto Lula Marques/Agência PT (Foto: Leonardo Attuch)

O Governo Michel Temer entrou em liquidação, com o episódio Geddel.

Vai entrar em período de “queima total”.

Não tem mais valor, porque perdeu as condições de sustentar um mínimo de legitimidade – ele e o Congresso – para passar o pacote de maldades que é o que interessava a seus patrocinadores.

blackfriday

Seus dias estão contados e o que se exigirá dele pela sobrevida – se é que terá condições de entregar – é apenas completar a PEC do Mal e a refirma da Previdência. Assim mesmo, quanto a esta, apenas colocar o bode na sala, porque sua validade não alcança o tempo necessário para fazê-la ser aprovada.

A “Black Friday” de Temer, como a do comércio, começou antecipada.

Seu prazo de validade está para vencer.

Usem-no o mais rápido possível.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247