Tijolaço: uma semana e começa o jogo decisivo, a TV

"Estaremos diante da ridícula contradição entre Lula ser, legalmente, candidato e, também pelo texto da lei, dispor dos mesmos direitos de propaganda dos demais candidatos, estar impedido de falar em 'seu' programa", avalia o jornalista Fernando Brito

Tijolaço: uma semana e começa o jogo decisivo, a TV
Tijolaço: uma semana e começa o jogo decisivo, a TV (Foto: RICARDO STUCKERT)

Por Fernando Brito, do Tijolaço - Sábado que vem vão ao ar os primeiros programas eleitorais dos candidatos a presidente.

Estaremos diante da ridícula contradição entre Lula ser, legalmente, candidato e, também pelo texto da lei, dispor dos mesmos direitos de propaganda dos demais candidatos, estar impedido de falar em "seu" programa.

Porque a Justiça brasileira acha que uma obscura juíza de Curitiba, a Dra. Carolina Lebbos, é mais importante que a lei brasileira e que a manifestação da ONU, que exige este direito para o ex-presidente, com base nos tratados internacionais aos quais o Brasil, espontaneamente, aderiu.

Nos nossos tempos, porém, "não vem ao caso".

Apesar disso, começa a primeira fase do que é preciso fazer.

Informar. Emocionar.

Nosso país vive uma situação como jamais experimentou.

Há um claro sentimento popular, reconhecido até mesmo pelos adversários do povo.

Contra ele, o Governo, os políticos, a mídia, o dinheiro.

É uma batalha épica, de onde só sairemos maiores.

Não haverá governo no Brasil contra a vontade do povo, como não houve nestes dois anos e meio de governo ilegítimo.

Cada um dos programas de 2 minutos e 30 segundos será uma escaramuça, uma janela por onde penetra a chama a atear-se em cada pedacinho deste gigante.

É mais do que se teve durante os últimos anos e que, tantas vezes, se desperdiçou.

Abriu-se um canal para levar ao que pode fazer vicejar a consciência popular, que anda inchada como semente prestes a brotar.

Hora de esquecer nossas pequenas e particulares razões e mergulhar neste caudal.

Tergiversar, escorregar, procurar miudezas é desertar do nosso dever.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247