TV Justiça pauta a política e a mídia: viramos um caso de polícia?, pergunta Kotscho

"Não sei se vocês já repararam, mas o Congresso Nacional, um dos poderes da República, desapareceu do noticiário", diz o jornalista Ricardo Kotscho; "Os dramas humanos desse Brasil real de 13 milhões de desempregados não interessam mais", ironiza

"Não sei se vocês já repararam, mas o Congresso Nacional, um dos poderes da República, desapareceu do noticiário", diz o jornalista Ricardo Kotscho; "Os dramas humanos desse Brasil real de 13 milhões de desempregados não interessam mais", ironiza
"Não sei se vocês já repararam, mas o Congresso Nacional, um dos poderes da República, desapareceu do noticiário", diz o jornalista Ricardo Kotscho; "Os dramas humanos desse Brasil real de 13 milhões de desempregados não interessam mais", ironiza (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - "Não sei se vocês já repararam, mas o Congresso Nacional, um dos poderes da República, desapareceu do noticiário. Já estamos chegando ao final de abril e, até agora, parece que suas excelências não voltaram do recesso iniciado no fim do ano passado", escreve o jornalista Ricardo Kotscho. De acordo com o blogueiro, "quem dá a bola agora é o Judiciário, o superpoder que assumiu as rédeas do país desde o mensalão e cresceu com a Lava Jato. A TV Justiça passou a pautar a política e a mídia".

"À tarde, as imagens das intermináveis e insuportáveis sessões do plenário do STF são retransmitidas ao vivo horas seguidas nos canais de notícias e, à noite, resumidas nos principais telejornais", diz. "Os dramas humanos desse Brasil real de 13 milhões de desempregados não interessam mais", ironiza.

Segundo o jornalista, "a única coisa que tem importância na política agora é saber quem será o próximo presidente da República para deixar tudo como está". "Perdemos não só a vergonha na cara, mas um mínimo de dignidade e civilidade, como mostra a afronta de impedir Esquivel e Boff de visitar Lula na cadeia em Curitiba, um fato da maior gravidade, escondido nos rodapés de página".

Leia a íntegra no Balaio do Kotscho

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247