Um radical de extrema-direita no Roda Viva

Direção da TV Cultura decidiu que Mário Sérgio Conti deveria deixar o comando do programa como parte da reestruturação realizada no canal; blogueiro de Veja Augusto Nunes, que se converteu ao radicalismo da extrema-direita será seu substituto; isso é bom para o jornalismo?

Um radical de extrema-direita no Roda Viva
Um radical de extrema-direita no Roda Viva
Siga o Brasil 247 no Google News

247- Mário Sérgio Conti deixa o comando do Roda Viva, o programa semanal de entrevistas da TV Cultura, e será substituído por Augusto Nunes. A notícia explodiu como uma bomba na tarde de hoje nos corredores da Fundação Padre Anchieta, mantenedora da Cultura, e sua repercussão nas redações e nos meios políticos está longe do que pode ser considerada positiva.

Conti, um profissional experiente e respeitado, com passagens pelo comando de algumas da maiores publicações do país, como a Veja numa de suas melhores fases, além de autor do best-seller "Notícias do Planalto", ainda mantém rigoroso silêncio sobre sua inesperada saída. Augusto, blogueiro sujo da Veja, já foi um dos mais importantes profissionais da imprensa brasileira até se converter ao radicalismo da extrema-direita e dar um combate incessante ao ex-presidente Lula e ao governo de Dilma Rousseff, com ou sem razão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email