Vaticano apaga post usado por Agência Lupa contra mídia independente

O serviço de notícias Vatican News apagou, neste noite, um post usado por empresas de checagem de dados, como a Agência Lupa, para criticar a mídia independente, que noticiou tentativa de Juan Grabois, consultor do Papa Francisco, de visitar Lula; sites como 247, DCM e Fórum foram acusados pela Lupa de propagar fake news depois do post do Vatican News, mas a mensagem foi deletada; num episódio anterior, o Vatican News também se negou a confirmar uma notícia verídica – a de que o papa telefonou para a mãe da vereadora Marielle Franco, após seu assassinato

O serviço de notícias Vatican News apagou, neste noite, um post usado por empresas de checagem de dados, como a Agência Lupa, para criticar a mídia independente, que noticiou tentativa de Juan Grabois, consultor do Papa Francisco, de visitar Lula; sites como 247, DCM e Fórum foram acusados pela Lupa de propagar fake news depois do post do Vatican News, mas a mensagem foi deletada; num episódio anterior, o Vatican News também se negou a confirmar uma notícia verídica – a de que o papa telefonou para a mãe da vereadora Marielle Franco, após seu assassinato
O serviço de notícias Vatican News apagou, neste noite, um post usado por empresas de checagem de dados, como a Agência Lupa, para criticar a mídia independente, que noticiou tentativa de Juan Grabois, consultor do Papa Francisco, de visitar Lula; sites como 247, DCM e Fórum foram acusados pela Lupa de propagar fake news depois do post do Vatican News, mas a mensagem foi deletada; num episódio anterior, o Vatican News também se negou a confirmar uma notícia verídica – a de que o papa telefonou para a mãe da vereadora Marielle Franco, após seu assassinato (Foto: Leonardo Attuch)

247 – O serviço de notícias Vatican News apagou, neste noite, um post usado por empresas de checagem de dados, como a Agência Lupa, para criticar a mídia independente, que noticiou a tentativa frustrada de Juan Grabois, consultor do Papa Francisco, de visitar Lula para lhe entregar um rosário abençoado pelo pontífice.

Depois de uma mensagem do Vatican News, a Lupa, ligada ao grupo Uol, da família Frias, acusou sites como 247, DCM e Fórum de propagar fake news – o que provocou uma ameaça de penalização pelo Facebook, que poderia reduzir o alcance de suas publicações, numa ação claramente lesiva à concorrência.

Agora, depois que o post do Vatican News foi deletado, a Agência Lupa ainda não se posicionou sobre seu post, que vem causando grande repercussão nas redes sociais.

Num episódio anterior, o Vatican News também se negou a confirmar uma notícia verídica – a de que o papa telefonou para a mãe da vereadora Marielle Franco, após seu assassinato, o que comprova a baixa credibilidade do Vatican News. Abaixo, post sobre o caso Marielle: 

Devido às inúmeras solicitações que continuam a chegar à redação do Vatican News de língua portuguesa sobre um eventual  telefonema do Papa Francisco à mãe da vereadora Marielle Franco nos dias passados, assassinada no Rio de Janeiro,  pedindo confirmação ou não do mesmo, eis o que podemos dizer:

Segundo declaração nesta manhã de quinta-feira do Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Greg Burke,  “os telefonemas do Santo Padre são privados. A Sala de Imprensa não confirma, nem desmente”.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247